Blog Renato Geraldo Mendes

Junte-se aos nossos leitores. Cadastre-se e receba atualizações:

Por muito tempo se acreditou que se o enunciado prescrevesse o “dever ser” de forma objetiva, haveria clareza e certeza sobre a conduta a ser praticada. Entretanto, tem se percebido, gradativamente, que esse modelo fracassou. Mas por que será que isso aconteceu?

Assista ao novo episódio da série: A interpretação jurídica!

Acesse a playlist e acompanhe a série!

Deixe o seu Comentário !